veridiana-mellilo-875283.jpg

Empresária e encantadora

de pessoas

A frente de três negócios, Veridiana Mellilo conta seu segredo do sucesso: relacionamento estratégico.

A trajetória da empresária Veridiana Mellilo, o nome por trás do maior centro de equoterapia da América Latina.

“Coloco energia onde existe verdade e sempre dou o melhor de mim”

Empreendedora, gestora do CAJ e CEJ, palestrante, apresentadora de talk-show, e mentora, Veridiana Mellilo vive uma rotina intensa entre suas frentes de atuação. Sua fascinação pelo mundo dos super-heróis levou Veri à, além de seu sucesso profissional, buscar diversos hobbies, como hóquei, ninjitsu e música. E, como está na natureza da profissional se dedicar 100% ao que faz, ela se destacou em todas essas áreas. 

 

Formada em relações públicas, Veri, como é chamada, começou a realizar projetos ainda criança, com uma banda formada por ela e sua irmã gêmea. O duo chegou a abrir shows para grupos reconhecidos nacionalmente. Junto com profissionais da área, Veri construiu, para a sua banda, um planejamento sólido. Porém, mudanças no cenário musical da época, que não possuía espaço para bandas com um perfil mais adolescente, encurtaram a carreira musical das irmãs. A habilidade estratégica e comunicacional de Veridiana, porém, chamou a atenção de um dos proprietários da agência de marketing da banda, que a convidou para ingressar em seu time de comunicação. 

 

Recém-formada e sem experiência na área, Veridiana aceitou o desafio, e lutou para conseguir seu espaço. Em pouco tempo, se tornava sócia de uma agência voltada para a pequena e média empresa, na qual ela usava seus conhecimentos e rede de relacionamento para estabelecer planejamentos estratégicos. A música dava espaço ao marketing em sua vida. Porém, Veridiana não abandonou os palcos, seguiu fazendo teatro e teatro musical em grupos amadores da cidade. 

 

A empresa cresceu e a expertise de Veridiana começou a ser requisitada para dar palestras, eventos e workshops. A Rádio Brasil Campinas convidou a empreendedora para apresentar o talk show “Café Empreendedor”, que durante 06 anos foi transmitido aos sábado, das 9h30 da manhã. “Com o programa, compartilho ensinamentos valiosos para o empreendedorismo através de histórias de sucesso reais”, explica a apresentadora.

 

Em paralelo, outra etapa desafiadora da sua vida começou: Veridiana foi chamada, por seus antigos professores da PUC-Campinas, para dar mentoria para os alunos de Relações Públicas sobre o mercado de trabalho. Em paralelo, uma empresária a convidou para mentorear um grupo de mulheres empreendedoras onde ela teve o prazer de mentorear e conhecer a fotógrafa Andressa Cruz, que na sequência acompanharia e registraria toda sua vida profissional. 

 

Centros de Referência

 

Em 2017, após o falecimento de seu cunhado, Veridiana ficou mais próxima de sua família, e, por consequência, de sua propriedade rural na qual sua irmã mais velha mora. Seu pai, Wilson Mellilo, possuía ali há quase 20 anos, um centro de reabilitação com cavalos, o CEJ (Centro de Equoterapia de Jaguariúna), que oferece atendimento especializado para pessoas com necessidades motoras e neurológicas funcionais, que hoje é o maior da América Latina.  

 

Apesar de sua resistência inicial de misturar famílias e negócios, Veridiana começou, então, a visitar o CEJ uma vez a cada duas semanas. No início, ela observava a rotina dos profissionais. Porém, após uma pequena crise interna entre os colaboradores na qual ela assumiu as rédeas e conduziu a situação, a equipe passou a confiar cada vez mais em Veridiana, e ela se tornou peça fundamental ao trabalho do centro. 

 

Em junho de 2019, o pai de Veridiana, que, brinca a empreendedora, trouxe a ideia da construção de um centro de referência de autismo. Assim, o CEJ desdobrou sua missão com a criação do CAJ (Centro de Referência do Autismo de Jaguariúna), e hoje os dois centros seguem em paralelo. O CAJ possui, em um ano e meio de existência, aproximadamente 110 famílias em atendimento, enquanto o CEJ atende mais de 200 famílias. 

 

No final do mesmo ano, em meio à uma reunião geral, o Wilson, pai de Veridiana anunciou que estaria se aposentando no próximo ano, e passaria a gestão dos centros para a filha. Passada a euforia da surpresa, Veri assumiu o desafio como fez com outras coisas na sua vida, se entregando de corpo, alma e coração aos projetos. Ela havia acabado de completar 30 anos, e já estava à frente de dois centros referências. 

 

Por trás dos escritórios

 

Em 2019, foi chamada de encantadora de pessoas pela Revista Caras. O título enfatiza a grande mudança na vida de Veridiana, que, quando criança e adolescente, era considerada tímida e introvertida. Somente anos de teatro, terapia e conhecimento de seus propósitos alavancaram a empresária a esse patamar. “Minha psicóloga dizia que não existia azul claro na minha paleta de cores”, explica Veridiana sobre sua intensidade. 

 

Um evento na vida da empreendedora que pode resumir sua personalidade é a sua época como goleira de Hóquei In Line pela Sociedade Hípica de Campinas (SHC). Sua irmã gêmea, em 2016, participava do time de hóquei do clube. Veridiana, ao assistir uma partida, percebeu que a equipe era prejudicado pela inabilidade da goleira. Ao comentar isso com o treinador, ele ofereceu-lhe uma vaga na posição. Muito competitiva, Veri aceitou. O fato de que ela não sabia patinar não a impediu: colocou a armadura de goleira e, em alguns meses, estaria de malas prontas para a Califórnia, após ter sido escalada para o mundial de hóquei.  

 

A experiência, além de ter sido satisfatória e motivo de orgulho para Veridiana, levou a empresária a um dos períodos mais desafiadores de sua vida: após ter dificuldades de movimentar sua perna esquerda em um evento de negócios, a empreendedora descobriu que havia sofrido uma séria lesão no quadríceps. Os prognósticos dos médicos não eram animadores: nunca mais poderia usar salto alto e nem realizar esportes de alto rendimento. 

 

“O ser humano é um ser extremamente adaptável e não aceitei a sentença do médico”, afirma Veridiana, que, após muita fisioterapia, colágeno e determinação, hoje em dia pratica atividades físicas de alta intensidade e voltou a usar sapatos de salto, que ela adora. Dessa época, a empreendedora tirou a lição de que nunca se deve falar nunca para um ser humano. 

 

De fato, esportes estão presentes na vida de Veridiana desde cedo. Como uma estratégia de se fortalecer psicologicamente, de fora para dentro, como a empreendedora costuma falar, ela começou a praticar artes marciais ainda na adolescência. Uma prática levou a outra, e Veridiana chegou até a participar de treinamentos de resistência com ex-membros do BOPE (Batalhão de Operações Policiais Especiais). “Ali aprendi que os fatores externos não podem abalar a sua segurança interior. Você precisa estar no controle e conhecer sua verdadeira força”, afirma Veri. 

 

“O mundo está mudando. Reaja!” 

 

Em 2020, assim como o resto do mundo, Veridiana passou por um processo de reformulação interna com a crise da COVID-19. “Logo na primeira semana de quarentena, sentei no meu escritório e pensei ‘O mundo vai mudar. O que eu posso fazer em relação a isso?’. Só tinham duas opções: ser levada pelo fluxo mundial ou tentar ser precursora e inspirar pessoas”. Mas como ajudar, num momento em que todo o mundo estava paralisado? 

 

“A solução estava dentro de mim. As estratégias que escolhi para minha vida fluir poderiam ser compartilhadas para inúmeras pessoas”, explica Veridiana. Seguindo o padrão do resto da sua vida, ela ressignificou a situação, e, no Instagram, começou a dar dicas para pequenos e microempreendedores. Notando a fragilidade das microempresas ela começou a atender casos particulares, de forma gratuita. Na sequência, lançou um produto online em parceria com os especialistas Levy Corrêa, Maurício Duarte e Thays Ferreira e afirma que “O resultado foi muito satisfatório”. O feedback foi tão positivo que começou a receber demanda para mentorias particulares. 

 

Um case que exemplifica o poder dessas mentorias é de uma mentoreada sua. Duci Parmezani era Bartender e, em plena pandemia, ficou sem rumo. Não havia expectativas para o setor de eventos. Veridiana e Duci, porém, elaboraram um plano que se tornaria sucesso na área. Duci começou a desenvolver e distribuir kits com os materiais necessários para preparar bebidas e revolucionou seu mercado. Nessa época, muitas lives estavam fazendo sucesso, e a divulgação dos seus materiais nas mesmas começou a render frutos para a mixologista. 

 

O segredo de Veridiana? Além de força de vontade, o que move ela é a sua fascinação por ajudar pessoas e ver o melhor de cada um. “A cada instante existe uma pessoa, seja por vontade ou necessidade, querendo empreender, mudar de carreira, melhorar seus resultados e querendo se reinventar. Descobrir a melhor versão de cada pessoa me fascina”.  

Contato para pautas

Vira Comunicação - contato@viracomunicacao.com.br  - (19) 3367.1233

Laura Rouanet - laura.rouanet@viracomunicacao.com.br - (12) 996522220

Thiago Rodrigues - thiago.rodrigues@viracomunicacao.com.br - (19) 99687-0812

Izabela Reame - izabela.reame@viracomunicacao.com.br - (19) 19 99792-8459

www.viracomunicacao.com.br